Inscrição

Vejo tanta coisa linda no mundo Como ouso querer ser bela? Procuro palavras que possam dizer O que não sou capaz de pensar Essas ditas me aprisionam Em inscrições levianas Angustia itinerante Queria um dizer que a arrancasse Que rasgasse qualquer sentido supérfluo Que naufragasse subterfúgios Todos aqueles que me amenizam Para que eu possa … Continue lendo Inscrição

Indispensável

Preciso de nó que me desate, de tremor que me impulsione, de angústia que me movimente. Preciso de medo que me encoraje, de dúvidas que me conduzam. Preciso de crença que me desobrigue. Preciso dar as cartas para jogar. Preciso de mim, preciso de mim. De qualquer loucura que me humanize. Preciso de ilusões que … Continue lendo Indispensável