Violão

Lá vem ele. Sempre que chega assim, sozinho, diz que quer ficar comigo. Sempre nos abraçamos como se fizesse séculos que não nos víamos. A gente sempre ri nessa hora. Sentamos na varanda da minha casa. Será que vou querer dessa vez? Vou pensar enquanto ele toca violão. Trouxe até um vinho escondido na jaqueta. … Continue lendo Violão

Roda-gigante

Mariana vivia numa roda-gigante. Girava dia e noite e, por mais voltas que desse, acabava sempre passando pelos mesmos pontos. No ponto mais baixo, quase botava os pés no chão. Nesses dias, era tomada por um profundo tédio. Mas como a roda é implacável em seu girar, Mariana começava a subir. Via o céu e … Continue lendo Roda-gigante

Agora

Prefiro céu azul Prefiro janela de vidro à de madeira Prefiro o movimento do sofrimento À inércia da felicidade inquestionável Prefiro o banco da praça ao da Igreja Prefiro cumprimentar os vizinhos Prefiro perguntas Prefiro cores lisas às estampas que cansam Prefiro as calças à limitação das saias Prefiro sonhar todas as noites Prefiro café … Continue lendo Agora