Sobrevoava o Rio de Janeiro. Um Rio sem Cristo, sem morro, sem Pão de Açúcar, sem praia. Uma cidade tranquila, e de tão tranquila e longe do mar, se parecia mais com Brasília. As copas das árvores floridas em linha reta. Seria a Paissandú? Não, era a longa proporção brasiliense. O voo tinha uma paz que não se encontra no céu carioca, onde o êxtase e o deslumbramento não dão sossego. No Rio, o frenesi vai até o céu aporrinhar Cristo. Vê se pode? O sonho era calmo, era deleite, era azul. Azul candango de alta resolução. Nada da imensidão azulada que se avista da Orla, de Santa, daqui, de acolá. Também havia silêncio no sobrevoo. Apenas o canto de pássaros, como apitos tocados por crianças, ora de maneira mais fraca, ora de modo entrecortado, ora assopros pequeninos. Não se lembrava de ter ouvido tantos pássaros na Zona Sul como ouve na Asa Norte. Só podia ser Brasília naquela noite. Não ouviu gritos, não ouviu choro, não viu ninguém transando, não havia dor ou medo, não tinha cigarro, nem bebida. Não sentiu ansiedade nem obsessão. Foi o voo mais amoroso do mundo. Finalmente, dez anos depois de entrar na cidade, sentia que agora era a vez de a cidade entrar em sua vida. Nunca é tarde para entender que a Capital mudou de lugar. A velha sede já era. Os episódios estão no Planalto Central e não na Central Globo de Produções. Mas, então, por que ainda pensar que era o Rio de Janeiro? Ah, o Rio não sai assim tão fácil dos sonhos de alguém.

 

Anúncios

4 comentários sobre “Rio-Brasília

  1. Voar é o que queremos, voar para sentir outros ares, outras brisas, não a poluição de Sampa, nem ver o corcovado do Rio, ou o desenho de Brasília. Longe até das belezas nordestinas, da imensidão do Amazonas ou dos pampas do sul. Apenas voar para sentir o azul penetrando em todo seu ser. Continue a escrever, Virginia, não apenas para você.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Uau, Vica! Que poesia! A mudança da capital; a mudança de governo do SEU coração. O caminho inverso de João de Santo Cristo. O novo amor!

    Amei!

    Viva o seu Planalto Central!

    Beijo, amiga linda!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s